terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Aspectos da Costa Portuguesa

Graus dos adjectivos

Os adjectivos são palavras que atribuem qualidades ou características aos nomes. Variam em grau: normal , comparativo e superlativo.

Mas há 4 adjectivos que formam o comparativo e o superlativo de modo especial. Repara…

Grau normal

Comparativo de superioridade

Superlativo relativo

Superlativo absoluto

bom

melhor

o melhor

óptimo

mau

pior

o pior

péssimo

grande

maior

o maior

máximo

pequeno

menor

o menor

mínimo

Também há casos em que o grau superlativo apresenta forma irregular, por exemplo:

Grau Normal

Superlativo absoluto sintético

feroz

ferocíssimo

sábio

sapientíssimo

pobre

paupérrimo

frio

frigidíssimo

fiel

fidelíssimo

doce

dulcíssimo

antigo

antiquíssimo

célebre

celebérrimo

amigo

amicíssimo

Treina aqui os teus conhecimentos

domingo, 14 de fevereiro de 2010

O Carnaval continua...

No último dia de aulas, a animação pelas escolas do Agrupamento esteve presente. Fica uma breve apresentação exemplificativa dos desfiles que se foram fazendo pela rua de algumas das localidades...
video

Aproveitamos também para mostrar a motivação e empenho dos pais no arranjo dos adereços para os seus filhos, sobretudo no que respeita o concurso de chapéus realizado na EB1 de Mealhada. Pedimos desculpa por não ser possível apresentar todos os magníficos trabalhos apresentados a concurso... ficam os premiados por ano e aguardamos uma exposição onde se possam reapreciar os exemplares. Um bem haja aos dinamizadores da actividade!
video

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Estudo do texto utilitário: A carta

Mealhada, 10 de Fevereiro de 2010

Olá amigos!
Como estão?
Nós somos a turma do 4ºA da E.B.1 da Mealhada. Somos 23 alunos e a nossa professora chama-se Amélia Ventura.
Semanalmente, são sorteados três alunos para desempenharem os seguintes cargos: chefe de turma, secretário/a, responsável do leite.
Estamos cada vez mais crescidos e responsáveis mas, ás vezes, somos muito barulhentos distraídos e ultrapassamos os limites. Nessa altura a professora chama-nos a atenção.
Para concluir queremos dar a conhecer que na próxima sexta-feira, dia 12, vamos fazer um concurso de chapéus com material reciclável e também que estamos a construir um palhaço todo feito com bolas de trapo.
Esperamos a vossa resposta.

Até Breve
Turma do 4ºA

Este foi o trabalho desenvolvido na construção de texto, por uma turma da EB1 de Mealhada para troca de correspondência inter-turmas. Uma forma de se darem a conhecer… Continuem a escrever esta é uma possibilidade de divulgação.

A propósito do amor...


Após a leitura da história "Amor que nojo!" de onde ficámos a saber que o Samuel achava nojento toda e qualquer demonstração de amor, os meninos da EB1 de Antes (3º e 4ºanos) resolveram abrir o seu coração à poesia e, com a ajunda do Magalhães saíram estes versos

O amor e

O amor é

Dar carinho e

Comer a um passarinho

O amor é

Dar beijinhos e

E oferecer flores

O amor é

Leva-lo a comer

E dizer os nossos sentimentos

(José e Pedro)

O amor é

a amizade que está no luar

é a paixão que queremos mostrar

a viagem da paixão é o meu coração

O amor é

a nossa paixão

e queremos mostrar

o nosso coração

(Camila e Mariana)

O amor é

Amizade e carinhos

Entre amiguinhos

O amor é

Chocolate e beijinhos

Com miminhos

(Paulo e João Carlos)

O amor é

passear ao pé do mar

e ter alguém para nos escutar.

(Matias e Liliana)

O amor é

Uma viagem no coração

Da alma

O amor é

Muito valioso

Também maravilhoso

O amor é

Uma fonte

De vida

( João Miguel e Carlos)

O amor é

Ter amizade e ternura

Ter carinho e ser uma grande pessoa

O amor é

É ser amigo e uma criança boa

é tão bom como aprender uma dança.

(Carolina e David)

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Vamos contar uma história...

Uma aventura com o Galaró
Há muitos dias que a galinha não aparecia junto da velha Luciana. A velha Luciana estava muito preocupada e resolveu ir procurá-la. A velha Luciana foi perguntar às pessoas da aldeia mas todas disseram que não a tinha visto.
Ela foi perguntar ao Galaró e ele resolveu ir à procura da galinha ao jardim. Saiu de casa e chegou ao jardim e encontrou-a atrás de uns arbustos. O Galaró cantando co-co-ro-co-co e a velha seguiu – o até ao pé dela.
Quando a velha levantou a galinha viu que ela estava a chocar sete ovos redondos lindos e altos.
De repente, começaram a ouvir troc… troc… e saiu um pintainho igualzinho ao Galaró. Depois outro e outro e outro e… Até que nasceram os sete, todos iguaizinhos ao Galaró. A velha Luciana ficou tão contente que os abraçou a todos e foi-lhes dar comida.
Então o Galaró deixou de se sentir diferente e viveu muito mais feliz com a velha Luciana e os irmãos.
Texto elaborado por Ema da EB1 de Silvã
Related Posts with Thumbnails