quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Ler em férias...

“Durante as férias de Verão as crianças perdem, em média, cerca de um mês, a nível das competências de leitura e de matemática ”.

As aulas terminaram…não há trabalhos de casa… os dias são longos…os pais estão disponíveis…

Os dias de férias de Verão podem ser uma óptima oportunidade para os pais ajudarem os seus filhos a melhorar a fluência leitora e a aprenderem a desfrutar o prazer de ler.

As crianças que lêem durante as férias aumentam a sua fluência leitora, irão iniciar o novo ano com mais conhecimentos e - a grande maior valia - descobriram o prazer de ler.

A leitura pode treinar-se através de diversas actividades. Quase todas as situações do quotidiano se podem converter em oportunidades de leitura:

• Fazer um plano das actividades que se projectam realizar durante as férias, incluindo a leitura.
• Durante a viagem ler as indicações escritas ao longo do itinerário, às refeições ler as indicações escritas nos diversos alimentos, no restaurante ler a lista…
• Ler jornais e revistas e dialogar sobre os temas lidos (leitura silenciosa ou oral dependendo da competência leitora).
• Ir uma livraria e disponibilizar tempo para escolher os livros que correspondam aos seus interesses e nível de leitura. Uma boa opção consiste em escolher livros cujos excertos fazem parte do Livro de Língua Portuguesa do ano de escolaridade que irá frequentar. A antecipação dos conhecimentos sobre determinado tema é favorece a motivação e facilita a aprendizagem.
• Instituir o hábito da Leitura Recreativa Diária. Ler diariamente durante determinado período de tempo (a definir em função da necessidade individual). Esta prática pode ser realizada “a par” a criança e pais lêem, em voz alta, alternadamente cada parágrafo, página ou capítulo.
• Registar o título dos livros que forem lidos durante as férias.
• Medir a Velocidade Leitora, número de palavras lidas por minuto. Escolher dois ou três pequenos textos, repetir semanalmente a sua leitura, cronometrar o tempo de leitura e calcular a velocidade leitora.
• Registar num gráfico a evolução. A monitorização dos progressos é um excelente meio de motivação, é um bom incentivo para continuar as actividades de leitura.
• Fazer leituras orais repetidas, quatro leituras do mesmo parágrafo ou página, cronometrar e registar os tempos. Esta prática permite constatar, com evidência, o aumento da velocidade e fluência leitora.

Retirado do artigo da Drª Paula Teles na revista de “Psicologia Actual”

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts with Thumbnails